2020-04-17T19:54:55+01:0017/04/2020|Tags: , , |

A COVID-19 está tendo um impacto sem precedentes na economia global.  Nesse período de incerteza econômica, empresas de todos os tamanhos estão presenciando mudanças imediatas no comportamento do consumidor, já que as vendas para diversos segmentos que eram bastante consistentes hoje são imprevisíveis.

As recomendações de quarentena no mundo todo aceleraram a mudança na forma como as pessoas trabalham, consomem e se relacionam com as marcas no geral.  Aqueles consumidores que sempre compraram em lojas estão migrando para os canais digitais, tanto em busca de informação quanto de compras.  Os conteúdos digitais e de transmissão online estão aumentando.  A venda de produtos de saúde e segurança e a entrega de mercados e restaurantes aumentou como nunca antes se viu.  A indústria do cinema está gerando receita lançando filmes novos diretamente para os consumidores via pay-per-view e em parceiros de canais sob demanda.

A grande questão é o que acontecerá quando tudo isso acabar.  Será que os consumidores vão retornar para os padrões de compra pré-pandemia ou esses comportamentos permanecerão em algum nível?  Além de sobreviverem ao período de pandemia, as empresas também precisam estar preparadas para se adaptar aos novos comportamentos para crescer e se desenvolver depois que a vida voltar ao que era antes.

Os consumidores e as empresas estão em um estado de incertezas no momento e tentando se adaptar a uma situação que ainda está evoluindo.  É importante tanto se preparar para o baque nas receitas no curto prazo como também ter um plano para reconectar as marcas e produtos com os clientes e prospects. As empresas que conseguirem entender e reagir às mudanças de comportamento terão mais chances de conseguir voltar a envolver os clientes e influenciar positivamente a velocidade de recuperação de seus negócios.

Os dados são mais importantes do que nunca para ajudar a identificar e entender as mudanças de comportamento, tanto no curto quanto no longo prazo, e fazer ajustes estratégicos   Veja algumas sugestões para aproveitar os dados agora e ainda se preparar para a economia após a COVID-19.

  • Centralize os dados do cliente para criar uma visão unificada.
  • Segmente os clientes em grupos de público.
  • Estabeleça KPIs do momento pré-pandemia.
  • Compare os KPIs de segmentos de clientes pré-pandemia para identificar mudanças de comportamento.
  • Implemente relatórios de métricas contínuos para identificar tendências e alterações nos comportamentos dos clientes.

Nesses momentos, é importante que as empresas continuem a envolver os clientes para reassegurá-los e reduzir a ansiedade.  As organizações que usam dados para ajustar suas estratégias conseguirão se recuperar melhor, tanto em termos de market share quanto de vendas, quando acabar a pandemia da COVID-19.