2021-05-11T21:09:24+01:0011/05/2021|Tags: , , , , , , |

Por Bob Adams, Diretor de Desenvolvimento de Negócios, Data Solutions Valid

11.5.21

Agora, em meados de abril, quase 25% da população dos EUA já está completamente vacinada contra a COVID-19 e quase 50% já recebeu pelo menos uma dose. Os consumidores já estão buscando um descanso dos lockdowns e começam a se sentir mais confortáveis para viajar.

Conforme a demanda por viagens aumenta, o setor começa a se recuperar.  No entanto, as viagens de negócios não serão como em 2019.   Nos EUA, os viajantes fizerem 464 milhões de viagens de negócios em 2019, o que representou 30% do gasto total com viagens no ano.  O número de viagens de negócios domésticas no país deve ter baixado para 185 milhões em 2020, por causa das restrições da pandemia.  Estima-se que esse número se recupere gradualmente ao longo dos próximos anos e chegue a 457 milhões em 2024.

No segundo trimestre de 2021, começamos a ver o segmento de viagens de lazer conduzir a maior parte da demanda e liderar a recuperação do setor.  Nos EUA, 56% das pessoas dizem que provavelmente viajarão a lazer em 2021, mas 48% dizem que só viajarão com vacinas, de acordo com o relatório da AHLA “State of the Hospitality”, feito este ano.  Os meios de transporte que as pessoas pretendem usar também são diferentes do ano passado.  De acordo com uma pesquisa recente da MMGY Global, em abril de 2020, 70% dos viajantes relataram que se sentiam seguros viajando de carro. Um ano depois, esta porcentagem subiu para 78%. Com relação às viagens aéreas domésticas, em abril de 2020, 27% dos participantes as consideravam seguras. Esse número aumentou para 46% em 2021.  Embora os viajantes ainda vejam as viagens terrestres como uma opção mais segura, observa-se um aumento considerável na percepção das viagens aéreas como seguras.

Para profissionais de marketing da área de viagens e turismo, esta demanda é evidente e está crescendo, se observarmos as reservas desta época. Como você está pensando suas estratégias e iniciativas de marketing para viagens a lazer?  Na minha visão, os profissionais de marketing não devem não só estar pensando na aquisição de novos clientes, como também em formas de aumentar a retenção e o share of wallet entre os clientes já existentes, gerando uma nova visita ou uma compra extra de um cliente que já conhece sua marca, propriedade, etc.

É hora das empresas aéreas aproveitarem a demanda que ficou retida tanto tempo, que deve voltar aos níveis de 2019 já em 2022. – Accenture

Por enquanto, pense no mercado doméstico.  Faça o possível para alcançar seus clientes mais fiéis. Embora todos os clientes sejam importantes, recomenda-se priorizar esses. Entre em contato com aqueles que visitaram em 2019 em viagens a lazer ou negócios e ofereça um incentivo.  Aproveite seus dados para determinar os clientes que têm mais probabilidade de retornar e qual deve ser o valor da oferta com base no histórico dele e no valor total gasto (compras, duração da estadia, padrões da estadia, etc.).  Se for possível, use a análise de dados para determinar o valor do tempo de vida do cliente (CLV).  O CLV e as iniciativas de retenção de clientes andam lado a lado. O CLV diz quem são os clientes mais fieis e ajuda a priorizar o serviço e as ofertas com base no valor do cliente, o que melhora a fidelidade e aumenta o CLV.

Quando se fala de estratégias de aquisição de clientes, use seus dados de clientes próprios combinados com dados de terceiros e análise de dados para entender como o comportamento deles mudou durante a pandemia. A vida está diferente, por isso é importante analisar seus segmentos e personas para descobrir quais comportamentos podem ter mudado ao longo do curso da pandemia.  Mais ainda, é necessário considerar se o seu público-alvo mudou ou não.  Depois que seu parceiro de dados fizer essa análise, ele poderá analisar a sua base de clientes para determinar os clientes de mais valor aplicando análise e modelagem de dados.  Adicione uma pontuação para melhorar o direcionamento nas suas campanhas de aquisição.  Seu parceiro de dados provavelmente terá acesso a um arquivo maior de referência de consumidores do país que poderá ser usado para gerar uma pontuação para sua base de dados de clientes e ajudar a encontrar as melhores opções para prospecção e um direcionamento melhorado para fins de aquisição de clientes.

As opções são várias, mas é importante começar agora e aproveitar seus dados para agir logo, já que essa onda de viagens a lazer em breve se tornará um tsunami.  Concentre-se na oportunidade de melhorar as experiências de clientes e construir uma fidelidade de marca que defina as bases para o futuro.