2019-07-22T20:28:52+01:0022/07/2019|Tags: , , , , |

A solução contratada junto a Valid, que une geotecnologia ao cadastro de cidadãos, contribuiu para que a cidade do ABC Paulista vencesse um dos prêmios do InovaCidade

O município de São Caetano do Sul (SP) será agraciado nesta segunda-feira (22) com o prêmio InovaCidade, um reconhecimento às iniciativas que contribuem para a melhoria da qualidade de vida nas cidades. Oferecida pelo Smart City Business Brazil, a premiação seleciona os cases que tiveram impactos positivos, reconhecidos pela sociedade e realizados pela iniciativa pública ou privada.

No caso de São Caetano do Sul, o projeto premiado foi criado pela Valid, multinacional brasileira de soluções seguras para identificação e rastreabilidade de dados. A solução integra funcionalidades para Smart Cities e Business Inteligence. Consiste na união de geotecnologias para base cartográfica, espacialização e análises geográficas da demografia urbana, com o cadastramento seguro dos cidadãos e o mapeamento dos serviços públicos utilizados.

Para a cidade do ABC Paulista, a Valid realizou um mapeamento aéreo de todo o município, com a digitalização das imagens para comparação com os lotes e terrenos constantes na atual base cartográfica. Com isso, a prefeitura de São Caetano do Sul pode atualizar sua base de dados, identificar irregularidades em obras e readequar as alíquotas do IPTU, quando necessário. Além disso, a Valid está efetuando o Cadastro Unificado do Cidadão, emitindo a Carteira de Identificação do Munícipe (CIM) com dados biográficos e biométricos, como impressões digitais e fotos. Tal iniciativa permite a desburocratização na entrega documentos comuns e a concentração dos dados, promovendo a identificação única do cidadão para diversos fins. Ao obter dados mais precisos de onde os cidadãos moram e quais serviços públicos municipais mais utilizam, a prefeitura de São Caetano pode gerenciar melhor serviços como coleta de lixo, iluminação pública, atendimentos de saúde e educação, entre outros. A gestão fica mais moderna, ágil e focada em dados.

O prefeito de São Caetano do Sul, José Auricchio Júnior, destaca que as verbas alocadas no orçamento público municipal, especialmente as que se referem ao financiamento da despesa com serviços públicos, são fixadas em função do número de pessoas residentes e usuários permanentes da cidade, sendo extremamente necessário a manutenção de um cadastro social consolidado e mais próximo da realidade. “Essa ferramenta tecnológica de gestão prioriza o acesso dos moradores de São Caetano aos serviços municipais”, esclarece Auricchio. “O Cadastro Único é uma iniciativa que respeita o cidadão”.

O Smart City Business Brazil Congress & Expo acontece de 22 a 24 deste mês em São Paulo e pretende reunir especialistas e líderes de iniciativas inovadoras, compartilhando experiências, ideias e casos de sucesso. Representantes de prefeituras, governos de estados e empresas estarão presentes no espaço de exposição e participando de palestras e encontros.

Cidades Inteligentes

Oportunidades crescentes no mercado de Cidades Inteligentes – ou Smart Cities – vêm impulsionando investimentos em tecnologia para este tipo solução. A expectativa, de acordo com a consultoria de inteligência de mercado IDC é de que até 2021 os investimentos globais no setor cheguem a US$ 135 bilhões. Imersa neste ecossistema de inovação, a Valid já oferece portfólio de soluções de Cidades Inteligentes no Brasil e no exterior.

As ferramentas integram um conjunto de soluções e serviços digitais desenhados pela companhia que servem para identificar o cidadão e criar uma base de dados unificada. O objetivo é melhorar a administração e proporcionar mecanismos eficazes para a tomada de decisões e a gestão da arrecadação de impostos.

Em uma frente, os governos municipais podem se beneficiar com um aumento de arrecadação de impostos graças ao método de atualização contínua para mapeamento de edificações e com a unificação das bases de dados primárias, o que proporciona uma melhor visão da administração pública frente às bases de dados específicas de cada departamento. Já o cidadão ganha ao usar os serviços públicos, como atendimento médico, benefícios, educação, matrículas, com praticidade.

“Um dos maiores desafios para o setor público sempre foi o relacionamento eficiente com a população. O uso de ferramentas de Smart Cities é capaz de apoiar o processo decisório dos agentes de governo que atuam nas diferentes etapas do ciclo de Gestão do Município, com uma visão ampla dos acontecimentos e permitindo uma tomada de decisão precisa e eficiente”, explica Márcio Bastos, Superintendente Comercial de Identificação da Valid.